Tuesday, April 22, 2008

30 seconds to mars

Não é sobre a banda do meu favorito ator/músico Jared Leto que eu vou falar não, esse fim de semana eu queria exatamente isso, em trinta segundos ir para marte.
Eu sempre me policiava para não falar mal do Brasil, afinal como falar de uma nação com pessoas que mesmo com as dificuldades são alegres e calorosas? Como falar mal desse País que as eleições são consideradas as mais bem organizadas e rápidas do mundo? Todos esses dados me fazem ter vontade de vomitar, eles servem para dissimular o que muito de nós prefere ou não quer ver, a realidade de um povo que vira e mexe é enganado.
O motivo de indignação é o fato de que só neste fim de semana pegamos cinco notas falsas de cinquenta reais aqui no meu trabalho, são brasileiros assim como eu, que trabalham e sabem como a grana no fim do mês é suada, são eles que tentam passar a perna no povo e no País, palmas pra eles...
A minha vontade é sumir, cavar um buraco e enfiar a minha cabeça lá dentro, eu passei o fim de semana pensando nesses seres deploráveis, imaginando a justificativa deles de tentar passar notas falsas aqui ou em outro lugar, e caso eles tivessem tido sucesso adivinha de que bolso esse dinheiro teria que brotar? Um beijo em quem inventou o money tester e os macetes para identificar uma nota falsa.
A pena no Brasil para quem comete esse tipo de crime é de doze anos, e nos Estados Unidos de quinze, se 15 anos de prisão não forem suficiente para dissuadir o infrator, há também, punições adicionais (clap, clap, clap!).
Não quero dizer que esse tipo de infração só ocorre aqui, mas a incidência como sempre é maior, novidade né? Eu falo mesmo, porque não sou obrigada!

Beijo na ponta do nariz das meninas que comentaram na postagem anterior, vocês são demais mesmo.

Beijocasporquenãosomosobrigados!

9 comments:

Nala said...

oi aninha!
eu não sei, aqui é desorganizado sim, mas não é mto diferente de outros lugares.

acho mto mais covarde iniciar uma guerra e matar milhões de pessoas, colocando em risco toda segurança de um país. e por dinheiro tb...

bjooo! veja c vc vem no fim do messsss.
bjooooooooo

Nani said...

Eu tbm às vezes tenho vontade de fugir pra beeeeeem longe... mas nós vamos!

Beijoficabem!

Teh...=) said...

Oiii linda...
entaum, consegui a family pela APIA mesmo.. to vendo muitas meninas reclamando da falta de familias... Oo... isso ta me assustando...

mais assim florr, logo logo td dara certo pra ti tb^^ e vamos todas juntas...^^


alias, todos nós temos vontade de fugir as vezes..ehehe... eh complicado...auhauuha...

said...

Aí essas coisa desanimam msm né?!
Sei q todo lugar tm essas coisas, mas acho q aqui as coisas acontecem mto e de maneira descarada........mas vmaos ver como será lá USA....espero q seja diferente

bjuss

Thaís said...

Oi Ana Paula, td bem..
tb sou da agência experimento, d ond vc é?
e aí, com estão os andamentos do seu application?
bjsss...

Luara said...

...O.o...

5 é underground! Blé

=D

Beijo, Lua.

Bela said...

Mas é assim que brasileiro vive, vive do jeitinho, achando que é malandro. E é por causa dessa malandragem que a imagem do brasileiro lá fora tá tão suja. Tudo tem limite, mas aqui é 8:80.

Ah! Eu tb tenho olhado minha caixa de e-mail de 5 em 5 min. o.o uma merda, pq não consigo focar em outra coisa, aff.

Bjú! ;*

Mari Patrocinio said...

É Anninha...
Essa nossa terra amada é fogo...
Muito triste esse tipo de coisa acontecer sempre e sempre.
Mas vamos viver nossa experiência abroad e sonhar com um mundo melhor!
Um beijão

Carol <*.*> said...

Oie Anna, valew pelo coment, isso da um animo rsrs...
acho q não adianta mesmo, em todos os lugares vamos passar ou ver algo que nos chateia, eu por exemplo oooodeeeiooo com um odio mortal akeles tiozinhos q pedem p olhar meu carro, tipo paga ou espera p ver o q acontece, meu como isso me deixa P***, mas enfim, o mínimo q eu queria era poder andar numa boa sem medo...nos states nao sei como será, mas la vamos nós neh ..literalmente pagando p ver rs..
bjs
:)